Sunday, June 1, 2014

[Reviews] Nashville - 2.22: On the Other Hand [Season Finale]


ELETRIZANTE!!!!!

Contém Spoilers!

Quando acompanhamos uma série e os episódios finais se aproximam, fica aquela expectativa em torno do anúncio da emissora na renovação ou não da sua série preferida. Às vezes somos sortudos e a ansiedade dura muito pouco em outras sofremos até os 45 do segundo tempo. Foi quase assim com Nashville que aparecia nas previsões muitas vezes como série na “corda bamba”. Felizmente ela foi renovada e os episódios finais mostraram os motivos.

A Season Finale foi simplesmente eletrizante, daquelas na qual você fica morrendo de raiva por ter que esperar meses para saber o que acontecerá. Foi assim na temporada passada e a mesma receita se repete nesta. Cheio de revelações, disputas e reviravoltas o episódio final fez com que finalmente, eu particularmente, desse  uma trégua para a rainha do country Rayna James. Praticamente apagada musicalmente nesta temporada, mais preocupada com sua recuperação, amores complicados, sua vida de empresária, crises com Maddie, ela termina aqui como uma estrela. Sua prece antes do show resumiu o que lhe aconteceu e provou que gostando ou não da personagem, ela merece por sua força e senso de justiça ocupar o lugar máximo da série. Soube poupar a frágil Scarlett, mas não fez o mesmo com Juliette, soube distinguir o que cada uma poderia fazer com a vida e com a carreira. Uma mãe para uma, uma irmã mais velha para outra, soube trazer Juliette à razão e tirar dela o que ela tem de melhor. A união das duas, sem grandes sentimentalismos, foi o gol de placa do episódio. Odiamos odiar Jeff e adoramos vê-lo sendo humilhado. Até deixei passar que Rayna usou armas tão sujas quanto as dele para ganhar a disputa com Jeff. Santa Rayna merece não ser punida por uns deslizes. Assim como também não será punida após o beijo de Deacon.

A mesma sorte não tem Juliette, não basta ser chantageada por Jeff, ainda tem o testemunho de amigos de Avery com consciência pesada. Após Rayna convencê-la de que o melhor seria Avery ouvir de sua própria boca a traição, óbvio que ela não conseguiria fazer a coisa certa. Afinal, nada dá certo para ela. A conversa dela com Avery foi sincera e delicada e o futuro da relação dos dois será definido apenas na próxima temporada.

A música composta por Gunnar para Scarlett também merece destaque pela delicadeza da cena, onde ele tenta convencê-la a não desistir. Scarlett precisa ser reinventada para se tornar uma personagem realmente interessante. Definir o que quer e o que não quer e ser mais consistente. Gunnar e Zoey também precisam ser mais bem definidos para poderem ser melhor aproveitados. Will que também fazia parte da turma teve sua história com mais espaço do que os demais. Seus dilemas aparentemente chegaram ao fim ao admitir para Layla ser gay. Ficou a dica de que sua confissão não foi apenas para a esposa.


Luke foi outro personagem que foi ganhando espaço aos poucos. Superando as crises de Rayna e a apoiando em todos os momentos, foi ganhando a simpatia de quem torce por um final feliz para Rayna. Outro homem, principalmente na posição dele, não suportaria ex-marido, ex-namorado, ex-ficante, todos em torno da mulher amada. Em todos os momentos, inclusive nos profissionais ele estava ali firme e forte ao seu lado. O pedido de casamento no palco apesar de exagerado pareceu normal visto a trajetória da relação de ambos. Definitivamente ele contribuiu muito mais para a relação do que Rayna. O espaço conquistado gradativamente por Luke faz com que os fãs realmente se dividam na decisão que Rayna deverá tomar. Dois anéis e apenas um dedo.

Teddy termina apagado e quase sem função. Suas histórias não renderam muito e seus momentos foram raros. Nos últimos episódios ele se limitou a brigas com Maddie que dia sim, dia não resolve bancar a adolescente rebelde. Aqui, ela sutilmente com um retrato reascende as esperanças de unir Deacon e Rayna com o propósito de unir uma família que nunca existiu.

Nashville termina com vários ganchos para a próxima temporada o que aumenta ainda mais a ansiedade. Scarlett ficará ou não em Nashville? Will terá sua sexualidade exposta? O que será de sua carreira? Avery perdoará Juliette? O cd de Rayna será um sucesso? Quem Rayna escolherá: Deacon ou Luke? Que venha a 3ª temporada!

Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels