Tuesday, April 15, 2014

[Reviews] Nashville – 2.18 Your Wild Life’s Gonna Get You Down


Cartas na mesa

Contém Spoilers!

Algumas discussões e revelações deram o tom deste episódio de Nashville. Nada muito bombástico, mas que mantiveram o ritmo acelerado quase sempre presente na série. O ciúme foi o grande tempero que movimentou as reações exageradas de Teddy, Deacon e Juliette.

A relação de Maddie e Teddy permanece conturbada aqui e a proibição do pai em relação à música da filha, fez com que Maddie se aproximasse ainda mais de Deacon. A desobediência de Maddie é fato e incomoda Teddy, mas o grande motivo para a sua exagerada implicância é o ciúme que tem de Deacon, não só em relação a Maddie, mas principalmente em relação a Megan. No começo da temporada após a descoberta de ser filha de Deacon, Maddie passou por uma fase “adolescente mala”, depois deram uma trégua para a personagem, mas agora ela volta com força total. Ela faz algo errado, fica de castigo, foge do castigo, faz beicinho, chora, aceita ordens, se vinga pelas costas e quase nada lhe acontece. Sua adoração por Deacon no momento se resume a ele ser o único a não lhe perturbar. Curiosa em ver sua reação após a promessa de recaída de Deacon.

Rayna ficou meio barata tonta neste episódio tentando apaziguar conflitos. Bombardeada por Juliette logo no início, provocada por Jeff, apagando fogo entre Teddy e Deacon e para finalizar ainda teve que discutir a relação com Luke. Sua performance musical ficou praticamente apagada em meio aos seus dramas pessoais. Outro tiro no pé para a gravadora, mas ótima para a trama foi a inclusão de Scarlett na turnê de Juliette. Ela pediu a Rayna para não voltar a turnê de Luke para finalizar seu CD e aqui aparece abrindo a turnê de Juliette e finalizando seu álbum nos intervalos ao lado de Avery. Para quem queria tranqüilidade, sinceramente essa não foi a melhor escolha. Isso sem dizer que se Juliette foi prejudicial ao lançamento do single de Rayna, uma renomada artista, o que pensar no que faria na carreira de alguém que mal começou como Scarlett. Completamente sem sentido, mas interessante para trama.



Os boatos sobre a sexualidade de Will chegaram aos ouvidos de Jeff que obviamente se mostrou preocupado com a sua maior aposta. Vendendo a imagem de galã à mídia, Jeff teme por seu investimento. No entanto, mais que preocupado que ele está Will que apavorado em ver sua sexualidade exposta, apressa o casamento com Layla apesar dos conselhos de Gunnar. Will desde o princípio mostrou-se incomodado com suas preferências. O assunto sempre foi abordado, mas nunca com muita profundidade. A relação dele com Gunnar permitiria que o assunto fosse mencionado de outra forma. A insatisfação de Scarlett ao ter que mudar sua essência para se adequar ao mercado é bem mais abordada do que a pressão que Will se impõe para se adequar ao mesmo mercado.

Scarlett viu na sua caixinha de comprimidos o alivio para seus momentos de tensão. Não foi surpresa alguma ver Juliette enfrentá-la e humilhá-la não apenas por seu ameaçador talento, mas principalmente pelo ciúme que sente de Avery. O embate das duas foi até interessante e a pressão exercida por Juliette fez Scarlett se amparar em sua muleta. Finalmente após detonar vários tubinhos de comprimido, alguém percebe que seu comportamento está fora do normal. PhD em drogados, Juliette percebe o comportamento alterado de Scarlett e isso provavelmente mexerá com a trama.

Outro tema possivelmente abordado futuramente será a repercussão do vídeo colocado na rede por Maddie, onde ela praticamente assume ser filha de Deacon. O comportamento futuro de Deacon após descobrir a traição de Megan, também promete reviravoltas. Aguardemos.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive