Saturday, January 11, 2014

[Reviews] Pretty Little Liars - 4.14: Who's In The Box?


Chato.
Contém Spoilers

Sabe quando uma série tem chances de fazer algo bacana, mas não sai da sua zona de conforto e acha que enfiar duzentos plots avulsos no meio é solução? Pois é, Pretty Little Liars vem sofrendo desse mal há algum tempo. Depois de descobrirmos que Ezra é -A (um dos, pelo menos) e que Ali está viva, esperava-se que a série retornasse com pelo menos um bom episódio, algo mais empolgante. Mas não, Who's in the box encheu quarenta minutos com coisas que são absolutamente inúteis.

Pra começar, qual é a da insistência nesse plot do Toby e sua mãe que não cometeu suicídio? Se o objetivo for mostrar que existem mais segredos do que imaginamos por trás da Radley, que explorem a Mona e o Wren. Sabemos que a primeira tem relações com -A e não seria espantoso descobrir que o médico também faz parte da brincadeira. Seria mais interessante até pela ligação que a série poderia fazer. E não vou nem comentar essa vontade do Peter de fechar o sanatório, pra mim está parecendo mais uma tentativa de Marlene para que criemos teorias e nos importemos com coisas que não tem relevância.

Caleb voltou para Rosewood para dizer um adeus definitivo para Hanninha. Gostei porque foi bem mais aceitável do que Hanna oferecendo seu namorado pra proteger uma guria que ela mal conhecia. A carga emocional da despedida dos dois não foi aquela coisa de fazer você chorar um oceano (bem, exceto para os que tem Haleb como OTP), e acho que isso aconteceu porque não foi algo profundo e com diálogos bonitos, mas, foi satisfatório. Agora, tirarem Caleb de PLL pra colocarem na TERRÍVEL Ravenswood é que causa indignação, pra não falar outra coisa.

Além de aparecer fazendo cosplay de Chiquinha, Mona e Ezra tiveram uma conversa um tanto quanto enigmática. Mona é uma personagem que por mais que já tenha sido bem explorada, não dá pra saber sua real intenção e muito menos prever seus passos. Ela está constantemente se reinventado. Seria extremamente interessante vê-la formando uma dupla com o Ezra. Se for pelo bem da série e por cenas recheadas de tensão, eu ficaria muito feliz em acompanhar esses dois infernizando Rosewood. E se não sabemos das intenções de Mona, também não sabemos das do professor. Mona foi conversar com o professor dando a entender que sabia sobre sua dupla identidade e certamente na intenção de intimidá-lo por isso. O professor se mostrou bastante seguro e acho até que ele conseguiu devolver a sensação de medo para Mona.

E já que estamos falando sobre o Ezra… Pequena Aria não podia ser mais tapada em cair nos encantos do professor outra vez. Eu não duvido que o Ezra sinta algo verdadeiro por ela, mas, diante dos últimos acontecimentos, a moça deveria pensar um pouquinho mais antes de sair traindo menino Jake por aí. Voltamos lá pro começo da série, onde professor e aluna saiam as escondidas. Só de pensar em ter que acompanhar esse romance secreto já me dá sono. Eu acho que as meninas deveriam pensar na frase que a Sra. Grunwald disse, sobre uma delas ter sido tocada pela pessoa que a Ali mais teme. Fico mais louca ainda por ver Pequena Aria passando tanto tempo naquela cabana com o Ezra e não ter visto o alçapão. Aliás, que lugar propício para ser o novo covil de -A.

A grande surpresa do episódio fica por conta de Hanninha e a descoberta do significado da palavra teoria. Eu sinceramente não sei muito o que pensar da história dessa Sara. Não sei se essa tentativa de conectar as histórias será levada pra frente e nem se renderá bons frutos. Então quer dizer que existe um grupo de meninas de outra cidade que estão passando pela mesma situação que Spencer, Aria, Hanna e Em? Será que o Ezra (até o momento, apontado como o “gostoso da praia”) saiu por ai fazendo a limpa nas escolas de ensino médio? Ou será que todas as abelhas rainhas se juntaram para fazer um jogo infernal com suas seguidoras? Fora isso, só consigo pensar num psicopata que tem fascinação pelas líderes de grupos de meninas. Um potencial serial killer, mas, sei lá, acho essa possibilidade um pouco pesada para a série.

PS: “Bem, estive pensando e tenho uma teoria.” – Hanna
      “Você tem o que????????” – Spencer
      “Uma teoria.” - Hanna

Ficamos tão assustados quanto você, Spence, pode acreditar.


E vocês, o que acharam do episódio? 
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive