Monday, December 2, 2013

[Reviews] The Mentalist - 6.08: Red John


E acabou.
Contém Spoilers 

A caçada por Red John teve seu fim. Depois de 124 episódios de busca, finalmente conhecemos a identidade do serial killer. Além de nos mostrar a verdadeira face do assassino, Red John serviu também como o episódio que marcará a transição de The Mentalist. É o momento de encontrar um novo arco e ver se ele será tão bom quanto o de Red John e se conseguirá manter a série pelo menos até o season finale, que também pode vir a ser o series finale.

O que eu acho que ficou faltando em Red John foram explicações. Podiam ter usado de flashbacks para mostrar a caminhada de Red John, como foi que tudo começou, como o xerife conseguiu essa legião de seguidores fiéis. Depois de tanta espera, era o mínimo que a gente merecia, não acham? Faltou amarrar essas pontas com firmeza, e não dar apenas um nozinho frouxo. Como exemplo, peguemos a lista dos sete suspeitos. Jane não quer saber, mas o Tom vai falar mesmo assim. Ele chegou a esses nomes graças a … UM VIDENTE? Depois de tanto tempo, chega a ser desrespeitoso da parte do Bruno Heller empurrar esse tipo de coisa pra cima dos fãs.

Porém, no geral, não fiquei decepcionada com a revelação, mas sim da forma como ela foi feita. Não nos foi dado detalhes e nem muitas explicações, o que soou bem preguiçoso pra mim. Sobre o Tom, certamente ele era um dos últimos da lista de todo mundo, e se o episódio não tivesse vazado e os spoilers não tivessem sido mortais, acho que a surpresa seria muito maior. Um dos pontos altos da revelação foi quando o xerife imitou a voz do serial killer que tanto atormentou Jane nos últimos dez anos.

E falando no nosso mentalista, Patrick finalmente conseguiu ficar um passo a frente de Red John. O erro todo começou na explosão, Jane sabia que a verdade seria exatamente o oposto daquilo que a cena mostrava. Eu comentei na review passada que tinha achado estranho as mortes devido a posição de cada um na sala, e isso foi satisfatoriamente explicado nesse episódio. No fim, Tom foi pego graças a sua fobia. E aí é que entra a parte que vem rendendo discussões entre os fãs.

Red John era um assassino arrogante, cruel, frio, calculista e manipulador. Sempre gostou de tirar sarro de Jane e de se gabar de toda a sua inteligência. Foi um tremendo erro colocarem-no implorando por sua vida no final. Simplesmente não condiz com o serial killer. E não tem essa de dizer que isso mostra que ele era só mais um, porque ele não era. E pela personalidade que nos fora passada nesses episódios, ele não imploraria por sua vida, mas sim provocaria o Jane até o fim, morreria rindo para não dar aquele gostinho de vitória para o mentalista. A cena foi patética, pra não dizer outra coisa.

Outra coisa que ficou bem marcado nesse episódio foi a união da equipe. Todos os agentes estavam juntos dando cobertura e ajudando Jane na hora que ele mais precisava. Nada que nos surpreenda, porque durante cinco anos de The Mentalist, uma das coisas mais evidenciadas era esse apoio, o companheirismo entre os agentes.

As atuações de Simon e Robin foram impecáveis. Simon Baker é alguém que merece ser estudado, porque o cara é simplesmente incrível. O ator soube exatamente o momento certo de intensificar suas emoções e assim proporcionar excelentes cenas para nós. Robin Tunney (porque pra mim ali era ela e não a Lisbon) se emocionando ao ver a CBI vazia foi uma cena bem bonita. Ela era a representação dos fãs naquele momento. Eu pelo menos, quando vi a CBI vazia, foi como se estivesse sendo feita uma retrospectiva de The Mentalist dentro da minha mente, relembrei de tudo e bateu aquela saudadinha das primeiras temporadas.

Gostei bastante de terem revelado a identidade de Red John agora e não no final da temporada. Como Bruno Heller disse, no final ele seria apenas um homem. O único erro foi ter endeusado demais o serial killer. A espera foi grande e se a gente não se surpreendesse com a revelação, o episódio que marcaria o possível adeus de The Mentalist ficaria manchado, e The Mentalist é uma série boa, a proposta desde o começo foi excelente e ela merece um final digno do qual os fãs se lembrem positivamente.


PS: Só não entendi o Red John ser a Associação Blake inteira.

E vocês, o que acharam do episódio?  
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive