Wednesday, September 18, 2013

[Reviews] Under the Dome - 1.13: Curtains [Season Finale]


Finalmente as estrelas rosa caíram, assim como todas as expectativas com esse finale.

Alerta de Spoilers!

Se você, assim como eu, estava esperando um season finale bom para Under the Dome, pode vir aqui e dar um abraço e chorar comigo. Esse finale não veio, ainda. Para seu último episódio, Under the Dome podia ter oferecido muito mais, mas o que vimos foi um aumento na mitologia e uma queda nas respostas. Mas por sorte, a série manteve bons números desde sua estreia, com apenas uma leve queda, fechando o último episódio com 2.8 na demo o que é ótimo para a CBS, mas poderia ter sido melhor.

Verdade seja dita, ao invés de ver a luz no final do episódio, eu só vi frustração. Mas a série também acertou em outros pontos, a sua mitologia. Apesar de termos tido poucas respostas a mitologia tem sido criada e desenvolvida de forma a nos deixar sempre com vontade de ter e saber mais. E em uma série com um mistério como trama principal, é essencial que a mitologia faça isso, caso contrário ela não está sendo entregue da forma correta.

Claro, ainda estamos precisando de respostas, que não nos foram dadas. Tirando o momento em que o fantasma da Alice avisa que existem um "nós" por trás do domo e que o ovo precisava na verdade de um banho e por isso ele estava tão estressado, nada mais foi respondido. E para um evento que foi anunciado desde o começo da série, "as estrelas rosa estão caíndo", eu esperava bem mais. Sério. 

O grande porém, é o fato de que as coisas ficaram um pouco confusas. O fantasma disse que a luz seria oferecida quando existisse a redenção, quando ela fosse merecida. Mas só jogar o ovo no meio do lago foi um ato de merecimento tão forte? Ou a proteção do ovo se deu unicamente com isso? Eu acho, que um ato de redenção é algo maior e mais bem desenvolvido, mas isso sou só eu sendo crítico demais com a série. Certo?

A série teve um grande potencial, só que as coisas se desenvolveram de forma errada. Transformaram a Linda e o Phil em dois vilões. A policial e o dono da rádio que antes só queriam ajudar, do nada perderam toda a capacidade de pensamento e estavam lá, passivamente assistindo enquanto Big Jim se preparava para enforcar o Barbie. Gente, sério? Não existiu uma preparação ou um desespero grande o suficiente para que fosse justificado o comportamento de toda a cidade. Ou todos lá são burros demais, ou sofrem calados.

Para que uma cena como a do enforcamento do Barbie (que não sabemos se aconteceu) fosse justificada, eu esperava pelo menos um pouco mais de desespero dos moradores de Chesters Mill. A única coisa que chegou perto disso foi o momento na igreja com dois ou três fiéis questionando o Big Jim e depois se entregando a seu novo salvador. Não teve confronto, não teve um fator predominante para um enforcamento em praça pública. Não teve nada.

Então, eu espero sinceramente que a série possa voltar para sua segunda temporada e fazer mais do que fez nesses treze episódios. Quero mais momentos como o das estrelas subindo e depois caindo, quero mais momentos em que minha curiosidade seja atiçada. Chega de dramas que não levam a nada (clube da luta), chega de cenas sem base. Não dá pra ficar dependendo do ovo, então vamos encontrar algo mais forte. Eu sinto dó do Stephen King, conseguiram fazer de uma mini-série com promessa de ser boa, em uma série com promessa de não ser ruim. Existe uma linha bem delineada entre esses dois.

Ps. Under the Dome, ou seria, Pergunte ao Ovo?

Ps².Você volta pro ano que vem? Está preparado para perder 13 episódios da sua vida com Under the Dome? Nem eu sei.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive