Friday, June 28, 2013

[Reviews] True Blood - 6.02: The Sun


Sookie, magra, linda e poderosa. 

Alerta de Spoilers!

True blood entra no segundo episódio da série mandando um recado para todo mundo: " Eu não sou mais aquela série que você começou a ver seis anos atrás, e nem tenho intenção de ser". No começo, True Blood queria se firmar como uma série meio gore, meio comédia, meio drama. Agora, ela não precisa mais ser meio nada, ela já é de longe a série mais gore, comédia e dramática em exibição no momento. 

Em "The Sun", eu fiquei pasmo com a qualidade de um episódio de uma série que já vinha meio balançada desde a metade da sua quinta temporada. Se levarmos em conta que no quinto ano tivemos episódios a mais e que nesse, teremos a menos, eu dou parabéns para a série por estar indo com foco e direção, sem duzentas coisas paralelas acontecendo ao mesmo tempo. Tudo está tão fechadinho, que eu tenho até medo que eles façam a salada que já vimos antes.

Sim, ainda temos várias tramas acontecendo, claro, não dava para desprezar tudo o que já tinha acontecido no ano passado. Não dava pra fazer com os lobisomens ou com o Sam, aquilo que foi feito com as panteras. Simplesmente impossível. Eu aceitei que as panteras sumissem, por que era algo que já não tinha mais para onde ir, não tinha salvação. Todas as tramas atuais, contribuem e tem sim que receber a devida atenção.

Terry e Arlene podem ter ficado mais apagadinhos, mas eles já tiveram uma trama (chata) só deles, com o Ifrit etc. Então, nada mais justo que deixá-los um pouco mais quietinhos. Vou falar a verdade, não gostei da aparição da ex mulher do soldado louco, mas preciso dizer, é compreensível, afinal, o cara simplesmente morrer e ninguém nunca ir atrás pra saber o motivo é duvidoso. Espero que o ponto final tenha acontecido quando a Arlene em todo seu drama e esplendor, simulou um "vem cá amiga, eu te entendo, homem nenhum presta". Foi cruel? Foi. Foi maldade? Claro. Mas, olha, a Arlene criou dois filhos, casou com um psicopata, teve um filho com ele e depois casou com um homem mentalmente instável, qualquer coisa que a ex mulher do soldado vá enfrentar, ela já passou por isso e com louvor. 

Falando em gore, o que foi aquela cena com o Bill se alimentando? Eu A-M-E-I, foi a coisa mais tosca, nojenta e esquisita que eu já vi na série, isso por que já vimos vampiros explodindo, Menades sendo perfuradas por chifres de touro, compota de Talbot, olha, True Blood se supera na nojeira a cada ano e eu amo isso na série. Agora deram um sentido pra nova posição do Bill, ele pode ver o futuro e já viu para onde os vampiros estão caminhando, frente a extinção. Esse recurso do salto no tempo já foi utilizado por várias séries, Heroes por exemplo, usou nas quatro temporadas que teve, é algo fácil, dá um sentido maior para a temporada e não nos deixa no escuro, ao mesmo tempo, dá chance de todas as outras tramas serem desenvolvidas. Qual o lado ruim? Vocês realmente acham que Eric e Jessica vão morrer? Nós já sabemos que aquela visão do Bill não significará a morte dos dois, isso tira um pouco da graça, teria sido mais interessante se tivessem mostrado a morte de alguns vampiros sem sabermos o rosto deles, criar aquela agitação até a season finalle. Mas tudo bem, dependendo da forma que as coisas forem acontecer daqui para frente, eu posso ou não me sentir confortável. Agora, se True Blood for fazer a linha Game of Thrones, matar um monte de personagem importante, eu fico caladinho e peço desculpas na review da season finale.

Agora vamos falar de Sookie e Warlow. Na verdade, vamos falar de Sookie, Jason, Niall e Warlow. Também vamos acrescentar o meio fada bonitão que apareceu. Quando eu ia comentar que a Sookie nunca mais trabalha a Arlene liga pra ela praticamente a chama de desocupada, muito bom Arlene, teve meu respeito. Quem perdeu um pouco desse respeito foi a Sookie, que viu um homem fada deitado no chão, levou pra casa e cuidou. Olha, santa ignorância dona Sookie. Perdoarei simplesmente pelo fato de não ter rolado beijo nem marcação de encontro, parece que a personagem no meio do caminho se deu conta da besteira que estava fazendo.

Agora ela pode fazer um kamehameha que irá matar qualquer vampiro que toque a esfera do poder, gente, não estou nem um pouco achando que ela deva usar essa bola de energia no Warlow, eu acho que ela deveria matar é o Bill. Seria épico! Só não gostei do fato dela perder os poderes, será que estamos caminhando para o desfecho final da série? Sookie normal? Sem poderes? Não aceito. 

Warlow apareceu, parecendo um extra de filme de terror do inicio dos anos 90, mas tudo bem, pelo menos já sabemos que ele está no mesmo mundo que o resto dos personagens. Será ele o perigo que a Lilith original avisou ao Bill? Eu acho que até pode, o melhor é esperar uma interação entre o Warlow e o Bill. Isso sim será interessante. Niall é da realeza, Sookie é princesa e Jason é Jason. O cara não consegue ser alguém, nunca. Por falar, será que o Jason esqueceu que ele é policial? Ou tirou uma semana de folga e não avisou pra ninguém? Quem está trabalhando na policia da cidade? O Andy não está. Imagino que a Kenya deve estar chula da vida com esse povo.

Mas voltando a falar do núcleo fae da série. Finalmente minhas preces foram atendidas, deixaram a Sookie um pouco livre dos vampiros e ao mesmo tempo incluiram o Jason no pacote, ao invés de deixá-lo solto fazendo bobagem. Não está completamente bom, mas está longe da monotonia que foi a quinta temporada. Agradeço do fundo do meu coração que não vimos um monte de fada drogada dançando no circo/bordel. Obrigado!

Esse segundo episódio foi bom, teve um pouco da velha True Blood, e muito da nova. Aquela que estará conosco até a conclusão da série. Por falar, eu diria que esse fim pode estar mais próximo do que imaginamos. Não por causa de um desgaste, apesar desse já existir, mas pelo simples motivo da série já estar no ar a quase sete anos, séries da HBO não passam muito longe disso.

Ps. Andy só vai servir mesmo como alivio cômico? Ou vão dar um sentido pras fadinhas dele? Mas confesso que eu gostei dele no meio do nada, desesperado.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive