Tuesday, April 30, 2013

[Reviews] The Vampire Diaries - 4.20: The Originals



A única coisa boa de The Originals: Saber que Julie Plec vai sair de uma vez por todas de TVD e talvez a bagaça volte a ficar boa.

A comunidade vampiresca estava com muito medo de conferir “The Originals”, episódio que introduz a nova série da CW, spin-off de The Vampire Diaries, do mesmo nome. Qualquer coisa nova que aparece na série deve sempre ficar em quarentena, já que todas as mudanças que aconteceram nessa temporada vieram para acabar bonito com a série.

Logo de cara, fiquei completamente irritado por não mostrarem a família original. Se a ideia é falar sobre OS ORIGINAS, porque então eles não estavam na telinha? Tudo bem que Klaus, Elijah e Barbie Klaus apareceram, mas eles foram tão whatever em tudo que fizeram que basicamente estava rezando para que um Kol ou Mama Bruxa Original aparecesse para tirar todo o episódio do marasmo. Obviamente o episódio não foi bom. Além de mudaram toda a personalidade do nosso híbrido Klaus, desenvolveram muito mal as bruxas de New Orleans, que morriam a todo o momento e ninguém se importava.

Hayley já começou o episódio sendo trollada e isso sempre é uma coisa boa, afinal até hoje ela tenta tirar Klaus de Caroline (e agora TIROU MESMO, infelizmente), mas vamos parar um momento para comentarmos sobre o plot da gravidez realmente indesejada. Primeiramente, é óbvio que Klaus não iria aceitar essa gravidez de primeira, pois ele queria, na verdade, ter bebês com Caroline.  Esse plot de gravidez de seres sobrenaturais é muito Amanhecer Parte I, ou seja, qualquer coisa que tenha a ver com aqueles vampiros purpurinas deve sempre ser descartada.

Essa tentativa de trazer um bebê no meio de uma das cidades mais bêbadas do mundo inteiro é, na verdade, uma tentativa de humanizar Klaus. Porém, Klaus não precisa ser nem um pouco humanizado, já que passou o episódio inteiro parecendo a pessoa mais indefesa do mundo. Temporada passada o safadão saía arrancando coração de seus próprios híbridos a cada dois segundos e agora chora no cantinho só porque menino Marcel resolve dar uma de Titanic, gritando ‘Eu sou o rei dessa bagaça’ na cara dele. Completamente incoerente, sem contar o fato de que Klaus parecia ser o passivo da relação, sendo que todo mundo sabe que no seu relacionamento com Tef ele que é o ativo.

O cara tem 1000 anos de idade e não podia sair com o rabinho entre as pernas. Não faz sentido, então, colocarem ele para saborear um dos miguxos de Marcel só para depois sair arrastando sua culpa, entregando sangue para tráfico de drogas. Estava na cara, desde o início, que Marcel era um chocolatão de difícil convivência, já que matou a bruxinha de Klaus sem nem ao menos consultá-lo.

Na verdade, as bruxas não foram de nenhuma serventia. Julie Plec não superou a falta de uso de Bonnie e já colocou novas bruxinhas para fazer o mesmo trabalho, ou seja, brincar com fogo, no começo do episódio. Aquele momento parecia uma macumba, e até a Bonnie, que é a querida Bruxa Boca Torta, não passava seu tempo acendendo vela para santo.

Como as bruxas foram bem mal desenvolvidas, o resto do elenco também não foi lá essa delícia. A menina loira, que teve o único diálogo aceitável da noite com Klaus fez nada durante o episódio, só apareceu para mostrar que há loiras em New Orleans, já que até aquele momento, nenhuma havia se manifestado.

O mais irritante, porém, é Elijah, que sempre pensa o melhor das pessoas, jogando tudo para o alto para se mudar para New Orleans para cuidar do baby que nem deveria (e nem podia) ter acontecido. E é claro que Rebekah está relutante em se mudar para New Orleans, já que ela não terá mais bailes escolares para participar.

O plot ‘a cidade é governada por vampiros’ seria até divertido, mas porque Klaus se importaria com uma New Orleans em decadência que foi tomada por 6 vampiros já que todos os humanos saíram de lá depois do furacão Katrina? O ambiente estava completamente estúpido (para não dizer outra palavra) para Klaus se importar com qualquer coisa, além de se tornar o rei de Westeros.

P.S: Onde está Kol, Papa Original, Mama Original e Barbie Klaus para incendiar aquela bagaça? Cadê os flashbacks? Preocupante, muito preocupante. 
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive