Saturday, March 30, 2013

[Reviews] Pretty Little Liars - 3.24: A dAngerous gAme (Season Finale)


Nem uma Shana maloqueira para salvar Pirulito Liars do marasmo.

Já inicio essa review deixando claro que demorei uma semana para escrevê-lo pelo simples motivos de: raiva. Sabia que o momento do final da temporada chegaria e sabia que seria uma merda. Então, qual é o motivo de tanta raiva?

O simples fato de a série achar que somos idiotas. Não somos. Ficamos rindo dos absurdos da série, mas estamos rindo DA série e não COM a série. Simplesmente inaceitável confirmarem a identidade da Red Coat nesse episódio (ou seja, Lolita original), aliás, no final do episódio, mas é óbvio que a série não se daria o luxo de CONFIRMARAM MESMO a informação, já que o que realmente ficou para trás foram mais dúvidas e perguntas se o que elas viram realmente aconteceu afinal todas estavam quase morrendo em um incêndio.

Alisson sendo –A? Cejura? Não conseguiria nem cogitar a ideia se não fosse pela forma assustadora que Pirulito Liars é desenvolvida. Muitas pontas soltas, personagens que são jogados para o escanteio e bem quando você acha que vai dar alguma coisa, os roteiristas simplesmente se esquecem de terem desenvolvido tal arco.

A única coisa boa de tudo isso é que Mona quase morreu, afinal ela estava estagnada na série faz muito tempo. Para melhorar, ela nem conhece de verdade –A, já que se fosse o contrário, realmente tudo seria fácil. Era só Hanna chantagear a ex amiga com um Vale da Pikachu que ela já estaria contando os segredos mais obsuros de Rosewood.

Descobrimos que Toby está vivo, mas isso era óbvio. Surpreende seria se estivesse morto, mas como sabemos que Pirulito Liars trabalha com o medíocre, então é claro que isso não ia acontecer. A explicação de Toby é a mais previsível ainda, ou seja, todo mundo sabia que ele queria proteger Spencer, porque se ela realmente ficasse louca, as sessões de fornicação acabariam e alguém ficaria só na mão.

Toby também era o ‘pretty eyes’ que chantageou Dra. Sullivan, nossa psiquiatra favorita, que é de grande ajuda para seus clientes, divulgando suas informações pessoais para que uma equipe de psicopatas que possui uma só meta: acabar com a vida de nossas quatro melhores amigas. Ou seja, a falsidade de que ela ‘voltou’ quando Mona foi levada para o hospício não faz nenhum sentido, já que Toby estava trabalhando com Mona durante todo esse tempo.

O pior de tudo é que aquele corpo que Spencer viu na mata realmente era Toby, voltando aos anos dourados, brincando de morto-vivo. Não faz nenhum sentido então, mostrarem um corpo no necrotério com a tatuagem de Toby, sendo que não tinha como, NEM POR UMA PEQUENA MARGEM DE ERRO, que fosse o vagabundo.

Shana também ditou o tom do episódio, trazendo até Jenna de volta, que provavelmente estava ocupada aprendendo a como lidar com Shana, já que descobrimos que Jenna também gosta de Shana. Ou seja, Emily precisa ficar muito preocupada. Porém, é muita quebra de código colocarem uma coadjuvante que acabou de aparecer na série como chave fundamental no entendimento do que está acontecendo na cidade, mostrando assim, que os roteiristas não tinham menor ideia do caminho que seguiriam, colocando uma pessoa super avulsa para um papel que deveria ser de alguém mais importante.

O choque é descobrir que mesmo depois de três anos, as Pirulito Liars não conseguem fazer uma cara de surpresa decente, considerando o final do episódio. Além disso, como não achar SUPER ACEITÁVEL o carro do Detetive Avulso aparecendo no meio de Rosewood, com o computador ligado, seco e funcionando, sendo que foi jogado junto com o carro, no meio do lago? Por favor, PLL, você já foi mais inteligente.

P.S: Vou nem comentar sobre Ezra aparecendo para ser o professor de Aria depois de terem terminado, tipo como foi no começo da série... Simplesmente genial.  
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive