Tuesday, March 12, 2013

[Reviews] The Following - 1.08: Welcome Home


Muda o comando no FBI e mesmo assim nada muda. A mesma equipe idiota e dependente de Ryan Hardy de sempre.



Um episódio que nos faz questionar onde a série poderá ir. The Following é centrada em dois personagens principais e antagônicos. O restante, sejam da equipe do FBI ou da seita, não parecem possuir muita importância para a história, podendo ser facilmente substituídos. Talvez a outra personagem importante seja Emma (infelizmente).

Jacob e Paul sumiram e não dão mais notícias. Trouxeram Roderick e a tal de Louise. De ambos, talvez Roderick tenha alguma relevância por ser como Carroll mesmo disse: "Ele foi provavelmente meu primeiro aluno". Essas inconsistências fazem de The Following um pêndulo, capaz de entregar alguns bons episódios e outros meio sem sentido, atrapalhando a evolução da trama.

Fico imaginando se a série tivesse menos episódios por temporada (13 como na TV à cabo), se a coisa fluiria com menos enrolação. Essa coisa de tentar "humanizar" algum personagem coadjuvante à cada episódio, mostrando situações do passado deles e flashbacks, acredito que seja até certo ponto importante, para conhecermos alguns personagens de potencial e em outro ponto pode ser prejudicial, quando a série tenta fazer algum personagem que claramente não tem "futuro" ganhar alguma relevância na história.

"Welcome Home" forneceu uma oportunidade de ouro, com a introdução de Joe Carroll a seus seguidores, se eles tinham uma história pessoal com Carroll ou não, para permitir que o público finalmente ver ligação dos seguidores para ele, mas não conseguiu nos fazer entender nada por completo. O que diminui o prejudicial foi que série finalmente introduziu Roderick, que parece ter uma personalidade ainda não vista em nenhum outro personagem e pode ser capaz de injetar algum magnetismo e trazer algo novo, como o braço direito de Joe.

O sequestro de Weston, o novo chefe "cabeça-dura" do FBI, a morte estranha de Charlie e até o envolvimento romântico de Emma e Carroll, acabaram por não alterar a rotina da série, que vem sendo: A seita faz algum movimento, o FBI novamente é pego de surpresa (que equipe fraca) e Ryan Hardy, como seus 'palpites' chega pra salvar alguém.

The Following ainda tem história para continuar e bastante potencial para melhorar, ainda mais com o elenco interessante da série, dois bons protagonistas e todo um contingente de seguidores do vilão. Mas se continuar com as inconsistências na trama e execução, apesar da renovação garantida, vai ficar difícil assistir.



facebook.com/alexim91
Google+
YouTube
Linkedin

Review também disponível no Guia das Séries.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive