Saturday, March 2, 2013

[Reviews] Justified - 4.08: Outlaw


"Eu sou o fora da lei, e esse é o meu mundo".

Justified nos traz uma contagem enorme de corpos derrubados enquanto vai esquentando a busca por Drew Thompson.



Um episódio que pode parecer evoluir pouco a trama principal, porém, mostrou enorme evolução nas tramas paralelas que no fim, farão parte da trama principal no fim da temporada. Tivemos várias tramas paralelas sendo muito bem desenvolvidas nesse episódio que nos trouxe uma grande contagem de corpos.

Resumindo, vimos que praticamente todas as tramas foram exploradas. Vimos Colton ser manipulado por pelo que parece ser Johnny, fingindo ser Ellen May pedindo 20 mil dólares; Vimos também Arlo ser morto na prisão praticamente por "culpa" de Raylan; e Boyd aproveitou da situação ruim em que se meteu no episódio passado e "usou" do desespero de Wynn Duffy pra matar seus inimigos.

Além disso, Boyd aproveitou para inverter toda a situação e ficar no "controle" dos políticos corruptos. Agora Boyd tem que se preocupar com Theo Tonin, que com certeza irá com tudo pra cima dele. Mas esse personagem sempre fez um jogo difícil, sempre viveu no limite desde o início da série. Seja com religião ou com o crime, Boyd Crowder sempre conseguiu contornar as situações difíceis e foi "abatendo" seus inimigos. Tome cuidado Boyd, pois me parece que Theo Tonin é o verdadeiro "cão chupando manga".

Ellen May teve uma cena legal com Shelby esta semana discutindo suas esperanças de uma vida normal. Ela tem sido a figura mais trágica da série, como um filhote de cachorro que continuou sendo chutado, e agora que a redenção está tão perto, eu espero que ela ganhe um final feliz.

Johnny "o agente duplo" também trabalhou bem, porém chegou um pouco atrasado para contar a Wynn Duffy sobre as verdadeiras intenções de Boyd. Não há dúvida em minha mente que Boyd vai ser mais esperto que ele, mas no momento ainda é interessante ver Johnny servir aos dois lados.

Colton foi manipulado por um dos dois citados acima, Johnny ou Ellen May. Acredito veementemente que foi Johnny, pois, como disse antes, Ellen May está na série apenas para cumprir o papel de figura trágica.

E Arlo? Mesmo em suas últimas palavras, não quis entregar Drew Thompson para Raylan. Pediu para o filho se aproximar e disse: "Kiss my ass". Só Arlo mesmo. Sentiremos muita falta desse problemático pai. Por mais que Raylan não queira admitir, vimos que ele se sente culpado pela morte do pai e sentirá falta do velho Arlo. Assim como todos nós sentiremos.

  
facebook.com/alexim91
Google+
YouTube
Linkedin

Review também disponível no Guia das Séries.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive