Wednesday, February 20, 2013

[Reviews] Grey's Anatomy - 9.15: Hard Bargain



Perfeito até para aqueles que ainda duvidam do poder da série.


Grey’s Anatomy fez um episódio para ninguém botar defeito, o melhor episódio da temporada e que trouxe a série de volta à sua excelência. Se bem que essa temporada inteira está repleta de acertos e não de erros, então é fácil dizer que a temporada já está bastante deliciosa.

Em um ano em que diversas séries estão sendo destruídas por roteiristas e produtores, Grey's me faz respirar aliviado, afinal até eu tinha minhas dúvidas se continuaria com a série após o fim da temporada passada. Felizmente fomos salvos e Shonda Rhimes deixou claro que não acabou com seu rio de criatividade.

Essa trama da venda do hospital está caindo como uma luva. Tão bom ver Greys nos eixos, nos fazendo lembrar-se dos tempos áureos. Callie, Derek, Cristina, Arizona e Meredith conduziram a trama com maestria nesse episódio e as preocupações e incertezas quanto a compra do hospital foi uma coisa bem natural no episódio. Conseguiram manter um bom ritmo no episódio e mesmo que a resolução (que eles iriam mesmo comprar o hospital) já fosse esperada, foi legal ver tudo o que aconteceu para chegar a isso. O episódio foi tão bem amarrado e dirigido que conseguiu me surpreender positivamente.

O único clichê foi mostrar todo mundo reclamando sobre os rumos que o hospital tomará depois da compra. Porém, foi um clichê extremamente necessário e o mais importante foi Bailey, totalmente triste e nervosa por não conseguir fazer o estudo no menino com câncer por causa de Owen. Bailey voltou a ser médica nesse episódio e a cara de raiva dela quando o Owen recusou o pedido foi maravilhosa, por um episódio ela voltou a ser a antiga Bailey que tanto amo e admiro. Mais lindo e emocionante ainda foi o discurso que ela fez para Arizona, desabafando e ao mesmo tempo sendo a força que Arizona precisava para aceitar sem dúvidas a compra. Até as internas funcionaram para mostrar Cristina o tanto que o automatismo é uma péssima ideia.

Por outro lado, foi difícil para Cristina resolver participar da gangue, por causa de Owen. Quando Owen começou a achar que todos estavam do lado dele, isso vai e acontece. Dá até pena do personagem. Confesso, então, que a forma que eles arrumaram no final do episódio foi bastante apelativa e é provável que a relação dos dois dê uma esfriada total depois dele descobrir exatamente o que está acontecendo.

Porém, Owen pode até estar a poucos passos de conseguir sua segunda mulher, porque o tempo que ele passou com Alana nesse episódio foi completamente exagerado. Antes ele nem falava direito com ela e agora ambos estão contando histórias pessoais e até estão almoçando juntos. Cristina pode estar com seus dias contados.

Avery e April precisam voltar logo a ser um casal. A química entre os dois é surpreendente. Achei forçado ao extremo esse paramédico querer se guardar para o casamento e a April mentir dizendo que ainda era virgem. Ela com certeza já começou o relacionamento errado, mentindo na maior cara dura. Os dois foram feitos um para o outro, porém, essa pequena mentira provavelmente vai atrapalhar tudo.

Quanto a Karev e Jo, começo a botar fé nos dois como um casal. Mas espero que esse período de "só amigos" se estenda mais um pouco. Alex tem mostrado um amadurecimento nessa temporada que dá gosto de ver. Ele quer ser responsável, está pronto para um relacionamento estável e eu consigo ver isso acontecendo com a Jo. Eles são parecidos, têm uma amizade sincera e estável. Ele não teve estabilidade em nenhum dos relacionamentos anteriores, eram sempre mulheres com algum tipo de problema e ele acabava servindo como muleta. Um romance entre os dois não deve ser forçado, como eu disse, devem dar mais espaço para crescerem como amigos, mesmo que esteja na claro que Alex já está querendo outro tipo de relacionamento.

Resta saber se a decisão de se demitirem e tentarem comprar o hospital procede. Claro que eles precisavam agir logo, já que a compra aconteceria logo no mesmo dia, mas com certeza essa ação foi bem precipitada e apelativa. Porém, é mais uma daquelas coisas que são excitantes ao mesmo tempo, trazendo uma sensação de renovação, mas ao mesmo tempo, uma sensação de que a série retornou à sua melhor fase.

Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive