Monday, December 16, 2013

[Reviews] Arrow - 2.08/09: The Scientist/Three Ghosts [Mid-Season Finale]


São poucas as produções que conseguem passar tanta segurança para o publico quanto aos rumos que toma, Arrow é sem dúvida uma delas e estes dois últimos episódios só evidenciaram o quanto a série possui um ritmo acertado. Não se pode dizer que este é um dos shows mais ousados da TV ou mesmo ou mais impressionante, contudo, ao contar uma historia cuidadosamente construída, Arrow prova que realmente uma das melhores coisas que vimos na TV em 2013.


A primeira temporada realmente não é tão impressionante, mas aqui percebemos que ela é bem sucedida ao preparar o terreno para que as empolgantes tramas que vemos se desenvolvendo agora. Vilões mais elaborados e até mesmo uma produção mais caprichada tornaram tudo mais crível e divertido, tudo tem mais impacto, mesmo os mínimos detalhes como a morte de personagens menores na trama ganham um novo significado, visto que tais movimentos podem ser determinantes nas decisões dos protagonistas.

Em um dos muitos aspectos dignos de nota, percebemos que os vilões ficam cada vez mais ameaçadores e muito embora saibamos que eles eventualmente serão derrotados no fim do episódio, sentimos que eles realmente estão jogando sério, e mais do que isso, sentimos que temos antagonistas realmente ameaçadores quando acompanhamos o seu surgimento e entendemos suas motivações.

Arrow se propõe a adotar um tom mais sombrio e realista, mas não exagera na dose, é uma série equilibrada que sabe dosar momentos de tensão, humor e drama de modo que nada parece fora de hora. Dito isso, acredito que a série conseguiu atingir uma harmonia interessante para as tramas de heróis na TV, isso é importante para criar um universo crível para a DC (algo que poderia muito bem ser levado para os cinemas). Quando a série finalmente embarca no universo da ficção cientifica em 'Three Ghosts', tudo parece incrivelmente natural.


Tudo que havia sido estabelecido dos 30 episódios que precederam o oitavo desta temporada, provam que a série nunca deu passo que não fosse premeditado, o vigilante não era o arqueiro até cresce o suficiente para se tornar o herói, e isso vale para todos os aspectos da historia.

Mas no fim 'The Scientist' e 'Three Ghosts' foram pontos de virada para a série, não só por estabelecer todo um novo universo de possibilidades, mas também porque mostraram momentos traumáticos na vida de Oliver, e se antes pensávamos que os eventos da ilha talvez não fossem tão impactantes quanto a destruição do Glades, por exemplo, aqui vimos que a coisa é bem mais complexa do que imaginávamos. E todas estas descobertas são instigantes, e o modo como as histórias da ilha se conecta com a do presente foi um dos pontos altos da narrativa.

Talvez o único problema seja mesmo o modo aparentemente desconexo com a qual Barry Allen entra e sai da série, ele teve uma participação pequena e isso pode incomodar alguns, principalmente pelo fato de que, apesar de ter adquirido os poderes em Arrow, o futuro herói irá continuar sua jornada sozinho. Porém, acredito que esta estratégia é muito mais interessante, um modo diferente de estabelecer a conexão entre os dois protagonistas.

De todo modo, a participação de Barry Allen foi bem idealizada e gostei da personalidade do herói, acredito que teremos boas historias para o spin off.


'Three Ghosts' foi certamente o melhor episódio da série até o momento, uma síntese de tudo o que Arrow tem de melhor, com um bom desenvolvimento dramático e promessa de uma grande mudança na dinâmica da série nos episódios que virão, visto que a série abre as portas para a introdução de heróis com super poderes, e Slade se estabelecendo como novo grande vilão foi uma reviravolta e tanto. Impossível não ficar empolgado!


A série retorna com episódios inéditos no dia 15 de dezembro.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive