Sunday, November 10, 2013

[Reviews] The Tomorrow People - 1.05: All Tomorrow's Parties


Excelente episódio!
Contém Spoilers

The Tomorrow People prova a cada episódio que é uma série com enorme potencial. Nesses primeiros episódios, além de explorarem as personagens, conhecemos a trama central e vimos o esboço da mitologia da série.

Em All Tomorrow's Parties fica evidente que Jedikiah é apenas a ponta do iceberg da ULTRA. Tio Jedi não passa de um subordinado, existem pessoas dentro da organização muito mais poderosas que ele. Fomos apresentados ao aparentemente chefe da organização. Na verdade, só ouvimos sua voz, mas quem mais aí acha que o dito cujo é o pai do Stephen? Se isso se confirmar, que grande decepção para os Seres do Amanhã e para o Stephen, que está arriscando sua vida e arriscando expôr seus amigos para saber o paradeiro de seu pai.

Um grande acerto de TTP foi aproveitar Kurt, o Ser do Amanhã introduzido no segundo episódio. Utilizaram o menino ladrão de bancos com maestria. Kurt sabia que após se juntar aos seres do amanhã, não poderia mais visitar sua família, já que é arriscado e ele poderia expor o QG dos humanos evoluídos. Só que o menino deixou a saudade falar mais alto e foi visitar sua mãe, fato que John descobriu e repreendeu duramente Kurt pela negligência. Dando uma de revoltado, Kurt acaba entregando a localização de John para a ULTRA na noite em que os seres do amanhã saíram em busca de diversão.

É interessante ver o conflito que começa a se estabelecer dentro dos Seres do Amanhã. De um lado temos John, que parece ter reconsiderado a ideia de sair do QG e deixar de se esconder. Por outro, temos Cara e os outros Seres do Amanhã que após dois anos vivendo as escondidas, querem mais do que nunca viver na superfície. Muito desse desejo se deve obviamente a Stephen e seus ideais. O perigo disso é que pode haver uma ruptura no grupo, mas espero que isso não aconteça. Como Stephen bem colocou, John é o líder e precisa exercer sua liderança, e para isso ele precisa de coragem. John preza muito pela proteção dos que estão com ele, mas isso não é suficiente. Do que adianta sobreviver por sobreviver? É necessário que se tenha um objetivo, a começar percebendo que não há motivos para se esconder e que é preciso combater a ULTRA.

Uma coisa que gostei bastante foi não terem enrolado muito e arrastado o segredo de John. Tudo bem, tirando Cara, os seres do amanhã não sabem da habilidade do moço para matar, mas, mesmo assim, evita criar toda aquela expectativa de uma revelação feita de forma espetacular. Foi simples e até natural a forma como Cara descobriu. Momentos desesperados pedem medidas desesperadas, e John precisava agir para evitar que mais pessoas fossem mortas. Estou ansiosa para ver como a relação dele com Cara ficara daqui pra frente.

Agora, que cena esplêndida a de Cara badass dando o castigo merecido para o Kurt. Que sequência bem-feita, os efeitos foram ótimos e eu quase pensei pelo olhar fuzilante da Cara que ela fosse desenvolver habilidade assassina ali também. Na visão dela, não existe castigo maior do que ser humano, e foi isso que ela fez, aplicou a cura que o Stephen roubou da ULTRA no Kurt e logo menos o garoto poderá voltar a viver em paz com sua mãe.

PS: Não dá pra comparar Irene com a rainha Felicity de Arrow, mas fui a única a lembrar dela quando vi a nerd dos Seres do Amanhã?
PS: Achei bem interessante esse negócio deles tentarem fazer uma cura da cura, ou seja, uma cura que seja capaz de reverter os efeitos da cura que a ULTRA aplica nos Seres do Amanhã.


O que vocês acharam desse episódio?  
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive