Monday, October 7, 2013

[Review] The Vampire Diaries - 5.01: I Know What You Did Last Summer [Season Premiere]


 Você sai de Mystic Falls, mas Mystic Falls não sai de você. 


Confesso que após a trágica quarta temporada, diminui todas as minhas expectativas para essa season premiere. Entretanto, gostei do que nos foi apresentado, The Vampire Diaries ensaia voltar aos trilhos. Com a saída dos Originais, o drama que foi o triângulo amoroso Stefan/Elena/Damon, mais o plot fracassado da cura, não dava pra saber por onde os roteiristas recomeçariam. Para nosso alívio, a série abandonou os últimos acontecimentos da quarta temporada e resolveu apostar em plots totalmente novos. 

É incrível como no mundo das séries você não precisa frequentar as aulas para chegar a faculdade. Vejo isso em Pretty Little Liars, onde ir pra escola é o que as meninas menos fazem, mas, mesmo assim, estão todas a caminho da faculdade. Em TVD não é diferente. Se tivemos quatro episódios onde Elena e Caroline apareciam no colégio, foi muito. Mas quem se importa, não é mesmo? As duas finalmente chegaram a faculdade. Porém, achei meio fraquinho a introdução delas na faculdade. Só lá pro final, depois de alguns acontecimentos é que a coisa começou a dar indícios de que valerá a pena. 

A colega de quarto das meninas parecia ser alguém bem simpática e amigável, é uma pena que não tenha durado nem um episódio no universo dos vampiros. Quem será o vampiro que ceifou a vida da garota? E por que ela tem uma foto com o pai adotivo de Eleninha? Esses foram apenas uns dos mistérios plantados nessa season premiere. 

E que sensação infinitamente prazerosa a Bonnie não poder mudar o rumo das coisas e só conseguir ser ouvida e vista pelo Jeremy (que aproveitou o hiatus para malhar, e como malhou esse rapaz!). Até morta a Bonnie é chata, repararam? A bruxa não dá trégua. Torço para que ela não volte a vida e continue assim, sendo ignorada por todos, porque está delicioso demais desse jeito. Pra ficar melhor, só falta parar de perambular por ai como alma penada e resolver permanecer de vez no cemitério das bruxas. 

Agora vamos a uma figura icônica de TVD. Katherine Pierce está a cara do fracasso, frágil, já que perdeu todas as suas habilidades vampíricas quando Eleninha a forçou a tomar a cura, sendo perseguida por alguém (e quando ela deixou de ser? Todos querem ter a cabeça de Katherine empalhada na sala de visitas) e pra piorar, a maquiagem está borrada e seu cabelo todo desgrenhado, parecendo até que ela entrou em luta corporal com alguém. E por acaso são motivos para perder a pose? De jeito nenhum! Katherine continua bitch mesmo humana, e samba na cara do perigo. Não existem limites para essa piranha. 

O queridíssimo Stefan continua morrendo e voltando a vida enquanto permanece trancado e afogando dentro de um cofre em algum lago por aí. Vimos que ele só não desligou sua humanidade ainda porque está se apegando as visões onde a Elena pede pra ele ficar e não fazer isso. Acho até melhor isso não acontecer, porque é algo que já conhecemos e não vejo como os roteiristas possam reinventar isso. Não existe muita coisa diferente que o espírito de estripador que adormece na alma do Stefan possa fazer que surpreenda. E ele desligando a humanidade abre margem para Elena ficar choramingando pra ele voltar a ser o que era, e isso é o que nós menos queremos que aconteça enquanto TVD permanecer no ar. 

Falando em Eleninha, é maravilhoso ver que ela não está mimizenta como nas quatro temporadas anteriores. A transição humano-vampiro sempre veio para fazer com que os personagens evoluíssem, e não retrocedessem. É bom ver que Elena (e os roteiristas) finalmente começam a entender isso. Não poderia deixar de parabenizar Nina Dobrev pela excelente atuação. Ela conseguiu separar as duas personagens, criar personalidades diferentes e conseguiu passar isso para o telespectador de forma brilhante. 

Outro que também merece os parabéns é o Paul Wesley. Ele deu vida a Silas de forma extraordinária. Silas agiu com desprezo e zombou de todas as pessoas com as quais conversou. Sábia atitude de não esconder que na verdade é o Silas e que Stefan é sua doppelganger. Isso nos poupa tempo lá na frente. O mistério sobre Silas é o que o imortal fará depois de não ter conseguido beber a cura. E lembrem-se, nada de chamar o moço de vampiro, isso é uma falta de respeito imensurável. Silas é uma bela criatura, já os vampiros não passam de seres distorcidos. A única coisa que sabemos é que Katherine não está segura, já que Silas está disposto a ir e voltar do inferno quantas vezes forem necessárias para encontrá-la. Ele até compeliu Mystic Falls inteira (de uma só vez) para ter mais soldados nessa caça pela ex-vampira. 

Uma coisa que eu espero que volte ao normal é a Caroline. A Julia Plec simplesmente conseguiu estragar o que foi uma das melhores transições que TVD já teve. A evolução da Car desde a primeira temporada, quando ela se tornou vampira, foi algo estrondoso e incrível. Na quarta temporada, porém, o que vimos foi uma Caroline que torcia pelo amor épico de Stefan e Elena e que estava quase conseguindo ser mais chata que a própria Elena. Fora o relacionamento com o Tyler, que não sei porque tanto treina lobo nas montanhas. Nessa season premiere vimos que ele não  irá para a faculdade com as meninas, e que Car já chorou as pitangas por causa disso. Já está mais do que na hora da loira se recompor e voltar a ser aquela vampira independente e forte que nos cativou ao longo das temporadas. 

Por fim, outro que parece ter ganhado um plot e não servirá apenas como bolsa de sangue dos vampiros, é menino Matt. O que será que aqueles dois bruxos fizeram com o moço? Pareceu-me que Matt ficou meio demonizado. Espero que seja algo inédito e que sirva para a evolução da personagem. Acho que não veremos mais menino Matt com os mesmos olhos, principalmente depois da cena do menage a trois com Rebekah e com a bruxa que o demonizou. Não olharei para o Matt com os olhos inocentes de antes. 

O saldo dessa season premiere foi positivo. Temos plots novos, introdução (mesmo que bem superficialmente) de novos personagens, novas rotinas para os velhos personagens... É um verdadeiro recomeço. E eu acredito no potencial de TVD, acho que tem tudo para voltar a empolgar. Espero que os roteiristas tenham aprendido com toda a fanfarrice que aprontaram na mitologia da série na quarta temporada. 

PS: Por favor, alguém avisa para Eleninha tirar aquela mecha vermelha do cabelo. Tá ridículo e é totalmente desnecessário. Até Vampiranha está mais bonita com o cabelo todo espatifado. 
PS: “Planejo esquecer de você assim que você sair pela porta” - Damon sendo Damon <3
PS: O que falar de menino Jeremy, que mal voltou a vida e já está atraindo a morte novamente? Tá precisando se banhar no sal grosso. 
PS: Doppelganger de Damon que é bom ninguém faz né
PS: Que amor o Damon cuidando do Jer <3
PS: Por favor, que não enveredemos pro caminho onde a Elena vai escolher algum dos Salvatore novamente, eu não vou aguentar toda essa palhaçada mais uma vez.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive