Monday, September 16, 2013

[Reviews] Dexter – 8.10: Goodbye Miami


Uma difícil escolha.

Retinha final de Dexter, meu coração fica cada vez mais apertado por estar se aproximando o fim da minha série favorita, mas apesar disso não estou achando nada empolgante esses últimos episódios, esse, por exemplo, para mim foi um dos mais fraquinhos até agora, mas a expectativa maior em torno dele era, quem seria a próxima vítima de Saxon!!

Então vamos aos fatos, começamos o episódio com Vogel e seu empolgante reencontro com seu filho psicopata. Vogel sempre sentia medo dele, isso é fato, mas mesmo assim ela acreditava que poderia existir uma saída para ele, e quem sabe fazer com que seu filho deixasse de matar pessoas inocentes. A maior raiva de Saxon em relação a sua mãe é o fato de ela ter o abandonado depois de ele ter assassinado seu irmão mais novo por ciúmes, e a situação piorou depois que ele descobriu o que ela tinha feito com Dexter, fazendo com que ele tivesse uma vida relativamente normal, mas ainda sendo um serial killer, mas o que afetou mesmo foi o ciúmes que ele sentia da relação de Dexter com sua mãe.

Debra parece que finalmente está se resolvendo, voltando para a polícia e se entendendo com Quinn, adorei a tomada de iniciativa dela com ele. Mas agora ela tem que aprender a lhe dar com a notícia de que seu irmão está de mudança para a Argentina, e de mala e cuia, levando seu filho e Hannah, tudo isso para proteger sua amada de uma possível prisão.

Mas daí o que sua amada fez?? Botou a cara no mundo levando Harrison para o hospital depois de ele ter se machucado, então não demorou 5 minutos para conhecerem ela. Uma atitude que ela poderia ter tomado era chamar Deb para ajuda-la, mas não, foi logo se jogando no mundo e complicando as coisas. Por consequência o investigador chato já apareceu na casa de Deb procurando notícias de Hannah, e ele junto com o ex-patrão de Deb, a coisa tá ficando cada vez mais feia para o lado de Hannah. Para se mudar Dexter logo anuncia a sua saída como investigador forense da polícia, levantando ainda mais suspeitas de uma provável fuga dele com Hannah.

Voltando a Vogel, bem, ela finalmente se tocou que seu filho não tinha jeito, mas se comportou de um modo totalmente suspeito, e Saxon logo já desconfiou que algo estava errado. A missão de Dexter era ir ao encontro dos dois e finalmente pegar Saxon, mas apareceu logo a indecisão entre o novo Dexter, que queria ficar protegendo sua família, e o antigo Dexter, que queria logo acabar com Saxon em sua mesa.

Aconteceu que o antigo Dexter se sobressaiu um pouco, mas já era tarde demais, e Vogel acabou sendo a vítima de Saxon, a que estávamos esperando saber quem seria. Dexter ficou extremamente abalado, o achei até bem mais do que sua reação com a morte de Rita, não sei se é pelo fato de ele está se sentindo mais humano do que naquela época, onde quem sempre prevalecia era seu lado obscuro.

Passamos duas semanas sem a série, já tinha lido vários comentários que a temporada estava fraca, e isso é verdade, esse episódio então foi um dos mais fracos até aqui, tirando como base todas as temporadas. Mas a tristeza pelo fim da série é inevitável, e mesmo com críticas sobre o desempenho dessa temporada cada vez fica mais claro que o fim está chegando.

Promo:


Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive