Wednesday, September 25, 2013

[Reviews] Devious Maids - 1.13: Totally Clean [Season Finale]


Um finale bom, mas um finale imcompleto.

Alerta de Spoilers!


Acho que faltou um episódio a mais para concluir a primeira temporada de Devious Maids. Na verdade, faltou uma melhor administração do tempo nesse úlitmpo episódio da temporada. Quando eu percebi, enquanto assistia o episódio, que mais da metade dele já tinha se passado e que as coisas não estavam nem perto de se assemelhar a um finale, eu me preocupei.

Tudo o que aconteceu nesse Totally Clean foi bem superficial. Tirando a resolução do assassinato da Flora e aquela pequena e rápida cena com a prisão da Rosie, nenhuma das outras empregadas teve um final devido. As aberturas para o próximo ano ficaram exatamente as mesmas desse, é como se não tivessem planejado o que aconteceria. Seria ótimo, por exemplo, ver a Carmen aceitando a aliança e Zoila encontrar o quarto da filha vazio. 

E começando pela Zoila que teve todas as chances do mundo de poder ajudar a filha e decidiu que a melhor forma seria inventando um bilhete para que a menina não fosse embora com Remy, só para depois assumir que ela tinha sido a autora. Se a ideia era esperar um ano para que a menina tomasse raiva da mãe, por que então contar logo no mesmo dia? Zoila, eu esperava mais de você.

Pelo menos, ao que parece, Valentina se preparava para ir para a Africa. Só fica um porém, ela foi ou não? Na cena fica claro que a fuga dela seria naquele dia, a passagem na cama, mas na conclusão do episódio vemos as quatro empreguetes e o filho da Marisol comemorando. A Valentina foi ou não? E se foi, por que a Zoila estava tão risonha? 

E quando eu digo que faltou tempo para esse finale, é por que com Carmen as coisas ficaram sem resolução nenhuma. Sam foi embora? Ela aceitou se casar? O que aconteceu naquela casa? Eu tenho certeza que todas as cenas foram gravadas mas que acabou faltando espaço na edição final. Não consigo acreditar que a ideia era passar isso em um finale. 

Tá certo que algumas séries prezam por apenas resolver parte do problema da temporada no finale e dar entrada a nova com a conclusão derradeira da passada, mas não foi isso que DM passou, ou pretendeu passar. Tenho certeza que não. Mas então, por qual motivo a série foi terminada assim, tão nas coxas?

O melhor momento foi ver finalmente as quatro mulheres se unirem e irem a busca de resolver o crime que matou Flora. Por falar, gente. Podiam ter sacaneado menos a personagem, né? O filho da Marisol não chegou a passar emoção alguma a nós, a Flora então era a maior biscate da cidade, além de ter péssimo carater e ser bem chata. Só queríamos que o crime fosse solucionado por que era esse o mistério. Faltou um pouco de ligamento entre as tramas, faltou algo a mais.

Espero que a próxima temporada consiga trazer esse algo a mais. Eu juro, me preocupei mais com o filho da Taylor do que com as 4 empregadas. O próprio caso da Rosie com o Mr. Spence foi um marasmo total, que só deu o gancho para o fator "clima pesado da segunda temporada". Mas olha, ir de um assassinato para uma prisão pela imigração, é um abismo gigantesco de importância de plot.

Mas as coisas foram boas para outros personagens, o casal Powell por exemplo rendeu muito bem e se manteve firme desde o começo da série. Assim como o drama de Genevieve, que desempenhou um papel mais agradável do que o da sua empregada. Acho que ainda existe uma dificuldade muito grande em deixar a série das empregadas ser das empregadas. Mas o que fazer? Nós realmente nos apegamos mais as donas de casa.

Por falar nisso, ao que tudo indica aos poucos as empregadas vão deixar de ser empregadas. Carmen, caso aceite se casar com Alejandro, vai virar patroa. Marisol assumiu que é professora universiária e não vai mais precisar limpar chão. Rosie presa. Só resta mesmo a Zoila como maid. Que situação. 
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive