Sunday, August 11, 2013

[Reviews] Teen Wolf - 3.09/10: The Girl Who Knew Too Much/ The Overlooked


Teen Wolf, amarrando meu coração com hibisco.


Alerta de Spoilers!

Comecei essa temporada reclamando de basicamente tudo que acontecia em Teen Wolf. Dizendo que as coisas estavam com um ritmo frenético demais para uma série que tinha 24 episódios até a conclusão da temporada e que as coisas não precisavam ser tão apressadas assim, já que o espaço já estava garantido. Mas os produtores/ redatores foram espertos e conseguiram condensar muito bem essa "primeira metade" da temporada.

Lydia que foi o grande mistério desde o ataque do alfa titio Hale lá na primeira temporada em Formality, quando ela foi atacada e misteriosamente não se transformou em uma loba, biscaLydia finalmente teve sua identidade revelada. Ela é uma Banshee. A garota que sabia demais, é isso, uma criatura mitológica. A banshee é da mitologia escocesa, e é nada mais nada menos que uma fada. Sim, crianças. True Blood tem Sookie, nós temos Lydia. Na verdade, a banshee é uma prima das fadas, a mais sombria e dark delas, tem o poder de dar um grito super poderoso. Na lenda, quando a pessoa ouvia o grito da banshee ela tinha exatamente o número de gritos de vida restante, ou seja, se assim como aconteceu na série, alguém naquela sala só teria um dia de vida (1 grito).

Finalmente, tivemos uma reposta do que seria a Lydia, mas ainda falta muito pra sabermos realmente do que ela é capaz. Puramente baseado na mitologia, ela seria algo tido como uma mensageira de má sorte. Quem deu a resposta que todos nós esperávamos foi o tal druida do mal, ou melhor, a tal, já que a pessoa é a senhorita Blake. Pobre Derek, que nunca teve um grande amor e quando tem é a vilã. Co vilã. 

O recital do episódio foi aquela coisa mais estranha que eu já vi em Teen Wolf, do nada, as pessoas estavam lá cantando (sem sincronia) com a trilha sonora característica do Darach. Não acreditei quando vi, mas aceitei numa boa. Quando eu fiz a review dos episódios passados, eu tinha pontuado que a promessa dos produtores da série de que Alison e Isaac iriam ter um pequeno romance que afetaria Scott começou. Pelo menos na investigação dos dois. Coisa boba ainda, não teve muita tensão entre eles.

Na verdade, o que eu mais torço é para que Scott encontre uma nova namorada, chega de Alison, já foram três anos de enrolação e até agora nada. Lydia e Danny conseguiram seus gêmeos, que só se provam cada vez mais fracos e dispensáveis para a série. Mas eles pelo menos seguiram em frente. Teen wolf ainda tem alguns deslizes e clichês básicos, como fato de sempre fazer dos personagens novos, os vilões. O Darach podia ser o avô da Alison, dando assim uma conclusão para sua existência, que está mais random que a do Derek depois da morte do Boyle. 

10 - Overlooked

Se o nono episódio preparou o terreno de forma perfeita para Overlook, o décimo episódio foi a coisa mais bem feita que Teen Wolf já apresentou até agora (terceira temporada). A explicação dada para que a professora Blake tenha desenvolvido sua vontade de se vingar da matilha de alfas é compreensível. Consigo entender as motivações da personagem e é exatamente isso que a série precisa oferecer.

Teen Wolf está no caminho certo, toda a tensão construída no hospital foi boa. Até mesmo o dilema dos dois irmãos foi bem pontuado. Lydia, você escolheu o que não presta, de novo. E como já havia sido prometido, a tensão sexual entre Isaac e Alison começa a esquentar e ficar mais evidente. Gostei disso e quero que todos os personagens tenham vida amorosa trocada ASAP. Chega dessa lenga lenga. 

Stiles e Cora formam um ótimo casal com uma promessa muito grande de boas cenas para ambos, tanto para Stiles, que interage muito bem com qualquer personagem, quanto para Cora, que só funcionaria com ele. Teen Wolf está trabalhando bem os seus casais, mas ainda falta Scott, e é nesse ponto que mora o problema, vamos aguardar para saber se as coisas melhoram, ou não. Overlooked foi aquela coisa bem básica do manual das séries. Começou a trama do episódio preparando o terreno para o perigo e terminou de forma exemplar.

Blake passa então de vilã, para uma forma estranha e questionável de anti-herói. Ainda existem nuances da personagem que nos permite assumir essa denominação para ela. Mas de acordo com o que vimos no episódio, ela tem sim um pé na vilania.

Quando a matilha de alfas chegou e Scott foi tido como o verdadeiro alfa, esfarelando então o plano de Deucalion, ficou a pergunta no ar. Pra que tanto sofrimento e tanta enrolação se Deucalion poderia ter resumido as coisas desde o começo? Ele já sabia quem era o Darach, já sabia que era a Blake, tudo era parte do seu plano, deixar que ela fizesse os rituais até que alguém que importasse para Scott fosse levado. Certo? Errado. Isso foi o grande erro da série, acho que eles não devem ter percebido isso.

De forma geral, esse foi um ótimo episódio. Conseguiu fechar de maneira primordial tudo aquilo que tinha começando com o primeiro episódio da temporada, o insonso "tatuagem". Agora, falta pouco para terminarmos com esse primeiro arco. Quero muito saber o que vai acontecer na segunda metade da temporada, em três episódios Teen Wolf prometeu fechar todo esse círculo. Cruzando os dedos para que a maré de bons episódios continue. 

Ps. Tinham que deixar Lydia de fora, depois da grande revelação? 

Ps². Casal mais aguardado da série, Melissa e o pai do Stilles.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive