Wednesday, July 10, 2013

[Reviews] Teen Wolf - 3.06: Motel California


Teen Wolf e sua versão esquisita de "O Iluminado".
Alerta de Spoilers!

Nunca fiquei tão confuso com um episódio de série teen na minha vida. Pelo menos não como fiquei com esse "Motel California". Era um cruzamento bizarro de "O Iluminado" com sabe-se lá o que mais. Parecia que os redatores tinham sentado e colocado em uma caixa vários temas para a semana e de lá tiraram. Local: hotel. Tema: Suicídio. Filme aleatório: O Iluminado. Foi exatamente esse o sentimento que tive ao final desse sexto episódio, de desorganização.

Isso, por que eu não achei o episódio ruim, achei muito bom, um trabalho diferente para uma série que tem todo esse apelo teen, ao mesmo tempo com referencias brilhantes a outras produções, com todo aquele sentimento de Iluminado encontra Massacre da Serra Elétrica e outros filmes do gênero. Nunca um grupo de adolescentes em uma excursão no meio do nada terminou tão bem quanto Teen Wolf. Mas parou exatamente nesse ponto, o check list de itens que precisariam integrar o episódio para fazer dele completamente bom não chegou a cumprir nenhum requisito complementar.

Claro que nem tudo são flores, só que em Teen Wolf, nessa temporada principalmente, quase nada tem aspecto pelo menos remoto que se assemelhe a uma flor. Primeiro, achei legal voltarem lá para o final da década de 70 e início de 80 para mostrar o primeiro(?) suicidio do hotel, principalmente por que era um Argent, que também era lobisomem, mas gente, só isso? Esse hotel só serviu para isso? E as explicações dadas, foram mais confusas ainda.

De primeira, parece que o hotel só afeta lobisomens, já que eles foram os únicos que demonstraram desde o começo estarem sendo afetados por alguma coisa. Depois, no final, é dito que o apito do treinador estava cheio de wolfsbane e que teria sido esse o motivo da loucura de Scott e o restante dos lobos. Mas e os outros que se mataram lá, os 198? E o letreiro que a mulher primeiro diz que é o marido dela que não a deixa retirar, dando a entender que a contagem parou no 198 a um tempo, mas que na verdade ainda está contando e misteriosamente sozinha e antes das pessoas se matarem? Teen Wolf, que palhaçada foi essa?

Inseriram o nome Argent lá só para dar um sentido para a vida do pai da Alison e para justificar a volta do avô? O druida vinha aterrorizando as pessoas e as fazendo se matar desde 1977 como deu a entender a parede desenhada com espectros, ou ele só está realizando seus rituais em conformidade com o surgimento da matilha de alfas? Gente, é tanta coisa esquisita acontecendo e sem explicação, que eu não sei ao certo se esse era o episódio seis ou se erraram na exibição.

Semanalmente, desde a estreia dessa temporada a impressão que tenho é que estou assistindo uma série diferente, só que com os mesmos personagens e mesmo nome. Tudo isso é culpa da falta de linearidade. Teen Wolf sempre fez isso, sempre teve esse aparente problema de edição que deixava algumas coisas meio que sem explicação ou sem sentido, mas eram detalhes, não episódios inteiros.

Não reclamo de tudo, claro. Foi legal sim ver que deram um sentido maior para Lydia, claramente ela tem poderes sobrenaturais, não dá pra negar, ainda fico com minha impressão de que o hotel afetava pessoas que tinham um pézinho fora do que é normal  (sem levantar a bandeira do preconceito contra lobisomens e afins). Só está faltando uma coisa para que a história da Lydia fique perfeita, que parem de ficar usando a menina como válvula de escape para "tudo aquilo que o roteiro não deixa claro". Ela precisa sim de uma definição, ou então fica parecendo que os redatores escrevem o texto e a colocam lá só para explicar tudo o que daria trabalho demais para ser explicado de outra forma.

Parece que eles pensam assim: "Precisamos criar uma atmosfera de suspense e mistério ao redor desse hotel", e a resposta mais fácil é "Coloca a Lydia para ouvir vozes e sentir as coisas, funciona". Tá, tudo bem, funciona, mas de uma forma tão preguiçosa. Se nos próximos episódios for revelado que a Lydia tem um passado místico ou qualquer coisa que justifique (satisfatoriamente) tudo isso pelo qual ela está passando, tudo bem, sem problemas, mas se as coisas continuarem assim, eu vou ser forçado a chamar os redatores de preguiçosos em toda review da série.

Mas, chega de reclamar, vamos aos pontos positivos desse Motel California. A começar pelo nome, que é ótimo, mas que somente os mais velhos (como eu), conseguirão relacionar com o Hotel California do The Eagles. Achei que a loucura que os lobisomens passaram foi muito bem executada, ficou muito parecido com o Iluminado e julgo que tenha sido uma boa homenagem, se desprezarmos as explicações fajutas, claro.

Fiquei com uma dó tão grande do Isaac, que só sofre. Mas também estou torcendo para que todas as vezes que usaram sua fobia (que todo mundo conhece, até os alfas que tinham acabado de chegar na cidade), tenha servido como forma dele superar esse medo, não consigo acompanhar o sofrimento dele, é de cortar o coração. E ficarei extramente chateado se não o deixarem superar essa fobia. Até quando vão ficar usando isso contra ele? Vem cá Isaac, dá um abraço.

De cortar o coração também foi o coitado do Scott, que só conseguiu passar uma cantada de pedreiro na Alison por que estava sobre o efeito do motel. Coitado. Mas outro ponto que vale destacar, Scott de alguma forma é um alfa, não me conformo com a explicação que ele está tentando dar a si mesmo, que de alguma forma ele sendo culpado pela morte do Derek  (que além de vivo, está se regenerando através de energia sexual), mesmo que ele não tenha sido diretamente culpado, ou seria (?), pela morte do alfa isso o faria um alfa. Eu sei que esse trecho ficou confuso, mas é isso que eu estou entendendo da série.

O show de coisas estranhas não tem fim, e não acho que terá tão cedo. Teen Wolf pegou a estrada errada e dificilmente conseguirá voltar sem maiores problemas. Só espero que isso não prejudique muito a série, que terá 22 episódios. Já pensou, 22 episódios ao estilo Motel California, Fireflies, Frayed e Tattoo? Nem gosto de pensar nisso.

Ps. Que bom que o romance entre o Dany e um dos gêmeos que era mudo, mas que agora fala está indo para algum lugar.

Ps². Aquela reconstrução da cena de batalha foi tão enfadonha, que eu  me senti constrangido pelo ator.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive