Tuesday, July 23, 2013

[Reviews] Dexter – 8.04: Scar Tissue

Um tapa na cada da realidade!

Mais uma semana com nosso Dexter, e o episódio dessa semana foi um choque de realidade para Debra, que pelo jeito não conseguiu segurar a barra mais um vez por muito tempo. O episódio já começa com uma visão de Debra de como seria se ela tivesse matado Dexter no lugar de LaGuerta, e de acordo com o que ela pensava se isso tivesse acontecido as coisas seriam melhoras, né? E a resposta é não.

Vogel pelo jeito era a única que poderia mostrar para ela que as coisas não seriam tão diferentes assim, poderiam até ser piores, pois ela estaria acabando com a vida de uma das pessoas mais importante de sua vida, na verdade, a mais importante, e a confusão de sentimentos seriam bem pior do que estava acontecendo com ela. Vogel mostrou para ela que matar LaGuerta foi um erro necessário, e isso não a tornava uma má pessoa, na verdade ela salvou a vida de outra, salvou a vida de Dexter. Depois disso parecia, eu disse parecia, que as coisas tinham voltado aos seus eixos, mas será que ela aguentaria viver ao lado de seu irmão com ele matando pessoas? E a resposta foi bem clara nesse episódio.

Mudando um pouco o foco, o cirurgião parece que finalmente foi descoberto, só que dessa vez ele esteve um passo a frente de Dexter, que acabou não conseguindo o pegar, ainda. Algo interessante foi à mistura de talvez sentimentos vindas de Dexter, a cara dele de horror ao ver o cirurgião sacrificando a vida do próprio pai para conseguir se safar, foi eminente. Dexter não teria coragem de fazer algo parecido com Deb, nem pensaria na possibilidade, deixando ainda mais claro que ela era realmente sim importante na sua vida. Essa cena me fez lembrar da season finale da primeira temporada, onde Dexter mata o próprio irmão, que acabava entendendo seus sentimentos, para salvar a vida de Debra, e essa foi apenas a primeira demonstração ela era uma peça importante em sua vida.

Nesse episódio também tivemos Masuka tendo a bela notícia que era papai, a risada dela parecida com a dele deixou claro que nem de DNA precisa para saber disso. Também tivemos Quinn mais uma vez mostrando que seus sentimentos por Debra realmente são reais, e apesar de negar isso tá mais que na cara. Ainda falando de Quinn, ele acabou se superando e passando na primeira etapa do teste para sargento, agora a batata quente está nas mãos de Batista, para saber se ele conseguirá realmente o cargo.

Dexter acabou se desiludindo com Vogel, o fato foi que ele estava se tornando mais um capitulo de seus livros, então o que eu já tinha comentado antes, que ela se aproximou dele com segundas intenções, pode está certa. Que ela estava usando ele pode ser uma realidade, mas ainda não está concreta, mas de um jeito ou de outro a confiança que Dexter tinha por ela foi amassada e jogada na lata do lixo.



Voltando ao assunto Debra, a notícia que seu pai tinha se matado, pois não aguentou a realidade de que seu filho necessitava matar outras pessoas a deixou transtornada ao ponto de ela tomar uma das atitudes mais surpreendentes até agora, se matar e levar Dexter com ela acho que foi a única solução de ele parar com o que fazia, e de ela ter finalmente paz e não precisar viver com aquele peso, agora a pergunta que fica é a seguinte, será que Dexter vai continuar confiando em Deb? E eu acho que a resposta para isso é não!!!! O fato foi que o arrependimento bateu, e ela acabou o salvando, mas mesmo assim depois de uma atitude dessas Dexter provavelmente perderá a confiança em mais uma pessoa na sua vida, ou não.

Como vai ser a convivência dos dois depois desse episódio? Será se ela vai se afastar dele? Será que ele vai se afastar dela? Será que ela será o fim de Dexter? Várias perguntas, hipóteses podem ser levantadas, e só as cenas dos próximos capítulos nos dirão o que realmente vai acontecer na vida desses dois daí em diante.

Promo:


Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive