Monday, July 15, 2013

[Reviews] Dexter – 8.03: What's Eating Dexter Morgan?

Eu sou perfeito, mas somente em uma coisa!    _ Dexter Morgan

Mais um ótimo episódio nessa última temporada, nível bem alto e atuações impecáveis, destaque, é claro, para Jennifer Carpenter, perfeita como sempre. E já começo falando sobre sua personagem, Debra, a cada episódio parece que sua situação piora, e o peso de ter matado LaGuerta não consegue ser amenizado nem por um instante. Por conta disso Quinn começou a ficar bem presente na vida da personagem, e nessa temporada ficou bem evidente que seus sentimentos por ela ainda são forte, e quem sabe ele não possa virar o apoio que ela está precisando. Confesso que essa é a primeira vez que começo a gostar de Quinn, acho que é a maior oportunidade do personagem de se destacar na série, mesmo no período em que ele a namorou seu personagem não foi tão imprescindível como agora.

Dexter, por outro lado, continua se sentindo super culpado pelo que está acontecendo na vida de Deb, e esses sentimentos chamaram a atenção de Vogel, pois ter sentimentos é algo incomum na vida de um Serial Killer. Mas pelo ponto de vista dela, isso que Dexter sente por Debra pode ser uma forma de ele tentar se proteger por algo que ela chegue a fazer, e acabar revelando sua verdadeira identidade, e isso quase aconteceu nesse episódio, ainda bem que Quinn não acreditou nem por um segundo que ela tenha assassinado LaGuerta. Mas isso vem bem antes de ela descobrir toda a verdade sobre ele.

Acho que os sentimentos de Dexter por Debra não seja apenas algo platônico, os dois passaram por muitas coisas juntas, e por tudo que aconteceu na vida deles possa ser que Deb seja realmente muito importante para ele, algo além de suas necessidades, uma pessoa que ele não possa viver sem sua presença, por isso o fato de ele não ter a matado quando ela descobriu sua verdadeira identidade.

Vogel continua tentando mostrar a Dexter que ele é perfeito do jeito que é, mas acho que tem algo a mais escondido nela, suas verdadeiras intenções ainda não foram reveladas. O apresso que ela tem por Dexter pode ser que seja além do fato de ela ter criado sua identidade junto com Harry, ela aparecer assim subitamente em sua vida depois de anos foi uma atitude bem pensada. Pode até ser que ela tenha Dexter como a sua única proteção em meio a esse novo Serial Killer cirurgião que apareceu agora.



Falando em Serial Killer, tenho que comentar que a cara de nojo do Dexter quando viu o dedo na refeição prepara por Galuzzo foi impagável. Serial Killer canibal não teve como não se lembrar de Hannibal, uma novidade esse estilo de psicopata mostrado na série até agora. E já estava sentindo falta de Dexter entrando em ação, mas isso fez mais uma vez refletir que ele também “consome” tudo que ama, exemplo claro disso foi Rita, e agora Debra.

Voltando ao assunto Debra, Vogel acabou sendo a única e última tentativa que Dexter tinha para tentar acalmá-la, apesar de ele ter mostrado para Deb que ela é uma pessoa boa, que já salvou vidas, e fez muita gente feliz por seus atos, mas acabou foi piorando e confundindo ainda mais a cabeça dela. A forma de Vogel ajudá-la provavelmente irá ser dela a ensinando o que realmente passa na mente de um psicopata, que sentimentos são uma coisa que não faz parte da vida deles, acho que isso é o que Deb não consegue acreditar, que seu irmão não tenha sentimentos.



Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive