Tuesday, April 2, 2013

[Reviews] Nashville - 1.15: When You're Tired of Breaking Other Hearts



Eles não lidam muito bem com seus problemas


Depois de um longo hiatus Nashville está de volta. Ainda bem, estava sentindo falta do meu novelão sertanejo. Por mais que este episódio tenha sido mais fraquinho, eu já me apeguei tanto aos personagens que qualquer situação em que eles estejam já é satisfatória. Em “When You’re Tired of Breaking Other Hearts” analiso as atitudes dos personagens diante de seus novos problemas.

Minha maior decepção aqui foi a Rayna. As atitudes de mãe dela me irritaram um pouco. Quando aquela filha mal criada dela chamou a própria mãe de bitch ela deveria ter tomado uma atitude muito mais madura do que apenas coloca-la de castigo. E o pior foi a menina enganar todos e ir ao show da Juliette e logo depois do acidente a mãe trata-la como uma anjinho machucado. Muita mimação e falta de disciplina. Tudo isso ainda vinculado à também postura ruim de Teddy como pai. Esse clima de “Quem cuida melhor da minha filha sou eu” que está tendo entre ele e a Rayna é ridículo.

E tenho que dar um enfoque bem grande nisso. Como estão chatos esses diálogos de separados querendo provar que sabem como cuidar das filhas. E ainda a Rayna se roendo de ciúmes querendo tirar Peggy da vida delas. Que papelão mais desnecessário! Achava a Rayna muito mais sensata que isso. O que aliviou a imagem dela pra mim foi vê-la se redimir um pouquinho ao ter um papo mais sério com a filha no finalzinho e aquela entrevista que ela estava relutante em fazer, mas fez.

Juliette sempre precisa quebrar a cara para aprender e dessa vez não foi diferente. O bom, pelo menos pra mim, é que eu sempre gosto dos plots mesmo que às vezes eles pareçam repetitivos. A cantora quer mesmo tomar a frente de sua carreira e sem empresário agora ela quer tomar as decisões de sua gravadora para lançamento do novo álbum. Paralelo a isso continua seu drama com a mãe, algo que ainda precisa de bastante modelagem. Mesmo que mais uma vez batam nesta tecla, o roteiro consegue criar uma situação onde a personagem volta a aprender com seus erros.

Quem também está começando a aprender com os erros é Avery, porém minha aversão pelo personagem é tão grande que tudo que ele faz pra mim é mediante sua arrogância. Enquanto Juliette tem fama e voz para assumir o controle de tudo, este já quer sair mandando sem sequer ter algum tipo de consolidação no ramo. Uma coisa tenho que admitir, ele está colhendo o que bem plantou, mas ainda acho que ele quer mandar demais mesmo em um começo difícil na carreira musical.

Gunnar assumiu o papel irresponsável de Avery. Quem achou que com o final do episodio passado iriam ser maravilhas de amor com Scarlett, se enganou. Fiquei irritado com a postura de Gunnar, apesar de entender um pouco de sua revolta. O cara queria mesmo resolver a situação de seu jeito, de qualquer maneira o quanto antes, e ainda magoou a sua amada. Olha, se não fosse Scarlett para assumir a postura inteligente de pedir a ajuda do tio, algo pior poderia ter acontecido.

E gostei bastante da lição de moral que o Deacon deu nele, fazendo uma comparação obvia de seu romance com Rayna. Foi uma cena forte e com um texto ótimo. “Se apegue a ela” dizia ele referindo-se a Scarlett, fazendo a boa alusão a quando ele deixou de se apegar a Rayna para se apegar às drogas.

Deacon aprendeu muito com todos os seus erros e com certeza merece um novo rumo agora com a veterinária. Foi uma situação bem aleatória no episódio, achei o envolvimento muito apressado e isso me incomodou um pouco, mas o desfecho foi legal e bem divertido. Vamos esperar e ver no que isso vai dar – aposto que em ciúmes.

Tiradas rápidas em Nashville

*Muito fofo o inicio com o Deacon cantando Love Like Mine

*Coleman se juntando com o Teddy contra o pai de Rayna, algo aqui deve ser mais bem desenvolvido até o fim da temporada.

*O nome do cachorro é Sue? Kkkkkkkkkk

*RAYNA LIGA PARA JULIETTE E DIZ UMAS BOAS VERDADES NA CARA DELA! A-D-O-R-E-I

*Scarlett seguir carreira solo? Eita eita eita, aposto que ela não aceitará, seria uma postura muito semelhante a que Avery tomou quando se separou de sua banda.

*Eu adoro como ao longo do episódio sempre Rayna se incomoda ao falarem da Juliette perto dela, assim como a Ju se incomoda quando falam na Rayna.

NEXT
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive