Sunday, February 17, 2013

[Reviews] House Of Lies - 2.04: Damonshildren.org



"Você é o mais arrogante, hipócrita e estúpido artista que eu já conheci. E eu lido com um monte de merdas em um dia comum. Sua pilha de necessidade de agitação e insegurança só é ligeiramente ultrapassada pelo seu fudido insensato e inchado ego."


Deixem Marty Kaan cuidar do negócio.


Parece que finalmente House Of Lies fez um episódio digno da primeira temporada. Grande parte disso por conta da interação de dois grandes personagens: Marty Kaan (Don Cheadle) e Matt Damon, interpretando a si mesmo.

Quando Matt Damon entrou na sala, fazendo todo aquele tipo intelectual, de óculos, "dando papo" para todos, sendo bem legal e parecendo um 'fucking boy scout', saquei na hora que na verdade ele seria totalmente diferente. Em House Of Lies e praticamente todas as séries da Showtime, sempre, SEMPRE os personagens possuem sérios problemas psicológicos. Isso é praxe da emissora, principalmente em House Of Lies, Californication e Shameless.

O que foi interessante neste episódio, é que admitiram que Don Cheadle com seu Marty Kaan, carrega literalmente a série nas costas. O cara aguentou tudo que é brincadeira idiota do Matt Damon o episódio todo. Matt Damon revela ser um narcisista insuportável, um que é esperto o suficiente para perceber que as pessoas querem ver a outra versão dele e usa isso para alimentar seu ego e ganhar "coisas de graça".

O negócio é que Matt Damon não estava interessado em fazer uma "caridade por caridade", como ele passava nos primeiros minutos, mas sim, fazer uma Fundação de Caridade forte o bastante para 'vencer' a fundação de George Clooney, seu maior algoz no "Ranking das Fundações de Caridade". Coisa realmente de um cara completamente egocêntrico. Marty percebeu isso e lhe deu a "real" na boate mesmo, dizendo a frase do início dessa review todinha na 'cara' do ator.

No dia seguinte, Marty mostrou a Matt Damon que ele deve levar as coisas um pouco mais à sério e conseguiu fazer com que o ator fosse representado pela Galweather. Jogada de mestre, do mestre Marty Kaan. Foi legal ver Damon aparecer por House Of Lies, espero que ele apareça novamente até o fim da temporada, apesar de achar que não veremos mais ele tão cedo.

Toda a história de Marty e Jeannie e os flashbacks da tal épica noite não evoluiu nada nesse episódio e tivemos apenas uma aproximação interessante entre Jeannie e Roscoe. Depois, Monica também se "aproximava" da babá de seu filho. Nada muito interessante para comentar mesmo. Vamos ver agora qual o rumo que House Of Lies vai tomar nos próximos episódios, espero eu, com mais participações especiais.




facebook.com/alexim91
Google+
YouTube
Linkedin

Review também disponível no Guia das Séries.
Share:

Disqus for O Mundo das Séries

BTemplates.com

Labels

Blog Archive